Fraga da Galhofa, Tinto Reserva, 2011
Fraga da Galhofa
Tinto Reserva, 2011
DOC Douro

Vinho de gama media/alta, com uma relação qualidade / preço sensata. Feito a partir de uvas das principais castas tintas do Douro, provenientes de vinhas de baixa altitude, da zona do Pocinho, e de grande altitude, do concelho da Mêda.

ANO DE COLHEITA: O ano vitícola de 2011, no Douro foi muito húmido na Primavera, permitindo a planta ganhar muitas reservas hídricas, no final do ciclo, as temperaturas elevaram bastante e aliadas a baixa produção, provocou um bom amadurecimento até nas castas mais difíceis.

TECNOLOGIA: A tecnologia é minimalista, recorrendo a lagares de granito com pisa mecânica. Após a fermentação, com cerca de uma semana de curtimenta, o vinho foi para cubas de aço inox, onde sedimentou os sólidos em suspensão. Após a maloláctica, uma parte foi transferida para barricas de carvalho, onde estagiou cerca de seis meses. Engarrafado em Junho de 2012, após ligeira colagem e filtração.

CASTAS: Touriga Nacional , Tinta Roriz e Touriga Franca.

 

PARÂMETROS ANALÍTICOS:
Álcool – 14,64 % (vol.)
Acidez Total – 5.3 gr /L (ác. tartárico)
Acidez Volátil – 0.78 g/L (ác. acético)
pH – 3.79.

PROVA ORGANOLÉPTICA: Cor vermelha rubi, carregada. O aroma prima por alguma exuberância da fruta fresca, onde são perceptíveis notas de frutos vermelhos, flores silvestres e um ligeiro apontamento de madeira, muito bem integrada no conjunto. Na boca, surpreende pelo equilíbrio, estrutura marcante, boa frescura e delicado aroma retronasal, que lhe dão um final gracioso.

Na prova destaca-se pela sua estrutura forte bem equilibrado e uma persistência final muito longa. Com o inconfundível carácter da casta e de um terroir de altitude.

APTIDÕES: Pronto a beber, contudo tem potencial para guardar 6 a 7 anos.

MODO DE SERVIR: Tipicamente um vinho gastronómico indicado para refeições do dia-a-dia, exprime o seu potencial máximo quando acompanhado com temperos mais fortes. Servir a 16 ºC.

PRODUÇÃO: 15 000 garrafas

 DOWNLOAD FICHA TÉCNICA